2010-01-04

 

2009: ano negro para os jornalistas


O ano de 2009 terá sido um dos piores para os profissionais da comunicação social, com 113 jornalistas assassinados, segundo dados da Federação Internacional dos Jornalistas (F.I.J.).

Segundo a mesma estatística, para um total de 137 jornalistas e trabalhadores da comunicação social mortos em 2009, 113 foram assassinados e 24 pereceram em acidentes.

Os países mais perigosos para os jornalistas foram as Filipinas, o México e a Somália, segundo a mesma organização baseada em Bruxelas.

Fonte: Diário Digital

Etiquetas:


Comments: Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?

eXTReMe Tracker Free counter and web stats
Contador grátis e estatísticas para seu site em www.motigo.com

RSS: Tenha acesso às actualizações do Blog de Informação, clicando aqui ou no í­cone anterior.