2013-06-13

 

Tribunal de Contas impediu contratos geradores de despesa global de 1.800 milhões de euros num ano




O Tribunal de Contas revela que quase metade do montante controlado e viabilizado com visto prévio tinha ilegalidades. No total, o orgão presidido por Guilherme de Oliveira Martins detetou irregularidades em processos envolvendo mais de 23 mil milhões de euros.

 

Além disso, não concedeu o visto prévio em relação a contratos avaliados em mais de mil e 800 milhões de euros, por motivo de ilegalidades verificadas. 

 

Fonte da notícia: RTP  

Fonte da imagem: Diário de Notícias 


Comments:
E....não há responsabilidades???
 
Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?

eXTReMe Tracker Free counter and web stats
Contador grátis e estatísticas para seu site em www.motigo.com

RSS: Tenha acesso às actualizações do Blog de Informação, clicando aqui ou no í­cone anterior.